top of page

Seguro Pecuário no Brasil

Dados Econômicos do Seguro Pecuário no Brasil

A pecuária está sujeita a diversos riscos, como mortalidade e oscilações de preços dos animais ou mesmo dos insumos. Uma forma de mitigar esses riscos são os seguros, que possibilitam a transferência da incerteza para uma empresa que vai cobrar um prêmio pelo serviço e fará o pagamento de uma indenização caso ocorra um sinistro coberto pela apólice.


Apesar desse instrumento financeiro ser amplamente usado pelo público em geral, o seguro pecuário ainda é pouco desenvolvido e adotado pelos criadores de animais em países em desenvolvimento, como o Brasil. Nota-se, portanto, que há grande potencial de crescimento dessa ferramenta no País, em razão da expressiva capacidade produtiva nacional.


Uma pesquisa recente elaborou uma revisão bibliográfica ampla sobre o tema e proporcionar embasamento para futuros estudos. Observou-se que uma das desvantagens desse seguro é a forte presença de seleção adversa e risco moral. Constatou-se também que contratos a termo e/ou futuros são os instrumentos mais usados no Brasil para a mitigação de risco.


Confira os principais destaques econômicos referentes ao Seguro Pecuário.

(Período: 2006 a 2022)




A falta de informação dos pecuaristas com relação ao seguro pecuário é um grande desafio. Por isso, destaca-se a importância de políticas públicas e setor privado na divulgação da ferramenta para aumentar a instrução e esclarecimento do produtor rural.




O que você vai encontrar:


- Dados Econômicos por região e seguradoras.

- Tipos de Seguros Pecuários

- Riscos e Histórico do Seguro Pecuário no mundo

- Gestão de Riscos no Brasil

- O mercado de Seguro Rural no Brasil/Estados Unidos e o seu funcionamento


Seguro Pecuário
.pdf
Fazer download de PDF • 427KB


 


Se você já é membro ou participante do nosso curso, acesse a Aula sobre o mercado de Seguro Pecuário e os conteúdos disponíveis na Biblioteca Virtual







Comments


bottom of page