top of page

Tecnologia: Conheça um robô que promete evitar mortes por soterramento em silos.

Atualizado: 20 de ago. de 2022

Gestão de Riscos | Silos | Tecnologia | Agronegócio






O “Grain Weevil” é um robô, desenvolvido por dois ex- estudantes de engenharia da Universidade de Nebraska nos EUA. Ele tem o tamanho de uma pequena mesa de centro com brocas de plástico giratórias na parte inferior que ajudam a mover os grãos para os lados.


Com comandos via controle remoto, ele inspeciona toda a área do depósito, quebra as crostas de grãos aglomerados e nivela a superfície se ela estiver irregular.

Em resumo, trata-se de um equipamento especializado, controlado remotamente e projetado para arejar, mover e gerenciar os grãos.


A sua principal funcionalidade é diminuir a necessidade de trabalhadores rurais entrarem em silos para a realização de algumas das atividades operacionais.


O Grain Weevil pode estar no mercado em 5 anos com um custo de até US$ 4.000,00 mais a taxa de manutenção.





É redundante destacar que a entrada em grandes silos de grãos é uma tarefa de fato, perigosa. No Brasil, desde 2009 de acordo um estudo da BBC sobre o assunto, já temos 109 casos de mortes em silos.


Para se ter uma ideia, neste ano já foram registrados três óbitos de trabalhadores em silos do interior de Mato Grosso do Sul, todos em menos de um mês.

Uma das principais causas de acidentes em silos e armazéns é o engolfamento, que acontece quando se forma um espaço “vazio” abaixo de uma camada de grãos, fazendo com que o trabalhador que pisa sobre o local acabe sendo “engolido” por quilos ou toneladas de grãos que se movem sobre ele.

Muitas dessas mortes em silos, têm como um dos principais fatores o descumprimento, por parte das empresas, de diversas obrigações relativas à segurança e saúde do trabalho, ou até mesmo, casos em que os próprios trabalhadores não respeitam as ordens de segurança e não utilizam equipamentos de proteção individual.


Esse é um exemplo de como as análises de problemas reais, assim como a observação das causas de fatalidades no campo, são oportunidades para inovações que podem beneficiar a segurança das pessoas, controlar riscos, custos e qualidade nos processos de armazenamento de grãos pós colheita.


As inovações tecnológicas são extremamente importantes para tornar as atividades mais seguras e tende a crescer cada vez mais. O Portal Agrolink ressaltou recentemente que o mercado global de robôs agrícolas, está se proliferando, especialmente na América do Norte, graças aos avanços tecnológicos em áreas como IoT, robótica e Inteligência Artificial.


Os valores desse mercado se apresenta crescente e está avaliado em US$ 7,57 bilhões (2021), com expectativa de arrecadar US$ 35,93 bilhões até 2030.

Para finalizar, deixo em aberto uma pergunta, que apesar da resposta ser óbvia, é válida com o intuito de promover a reflexão dos leitores, que chegaram até aqui:


Vocês percebem que a adoção de técnicas agrícolas modernas, como a robótica e tantas outras (especialmente as que se concentram no âmbito do monitoramento de lavouras) são oportunidades que podem melhorar as operações de seguros rurais em todo o mundo?



 




Kommentare


bottom of page