SAFRA VERÃO 2020/2021: CONTRATAÇÕES DISPONÍVEIS

Saiba as principais informações!


Nós sabemos que as safras sejam de inverno ou verão são resultados de muito esforço e dedicação no plantio e manejo de uma cultura ao longo de um determinado período.Com isso, agosto e setembro são meses importantes para o planejamento e tomada de decisão sobre a compra de insumos e contratações de seguros. Quanto mais antecipadamente os produtores rurais se programarem, melhores serão os investimentos e resultados financeiros.


A safra de inverno já passou, entretanto, agora vem a de verão.


Contudo, é de extrema importância o monitoramento e cautela em relação ao clima, já que adversidades podem colocar toda a produção a perder. Por isso, o Seguro Agrícola é o principal aliado na gestão de riscos climáticos dos agricultores, garantindo o fluxo de caixa e minimizando os impactos.


Outro instrumento de destaque para gerir riscos e obter resultados favoráveis consiste no Zoneamento Agrícola de Risco Climático (ZARC), um estudo da Embrapa em parceria com o Ministério da Agricultura cujo objetivo é de minimizar os riscos relacionados aos fenômenos climáticos e consequentes perdas de produtividade, permitindo identificar a melhor época de plantio das culturas, nos diferentes tipos de solo, ciclos de cultivares e municípios.



Lembrando que a indenização do seguro agrícola pode não ser paga ou a apólice cancelada se o plantio da área segurada não estiver em conformidade com o ZARC, além de ser obrigatório para ter acesso ao Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR).


O agricultor tem a oportunidade de segurar sua produção com custo reduzido, por meio de auxílio financeiro do governo federal e até estadual como acontece em São Paulo e Paraná. A inexistência de restrição junto ao Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin) é um fator importante para acessibilidade ao programa.


O valor subvencionado, é repassado pelo Governo Federal diretamente à seguradora contratada. Tal valor é posteriormente descontado do montante devido pelo produtor, que, que acaba contratando o seguro por um valor abaixo do inicialmente cobrado. Já a seguradora continua recebendo a totalidade do prêmio exigido.



Fonte: (DEGER/SPA/MAPA)


Este ano, está previsto um orçamento em torno de R$ 957 milhões, o maior valor até então. Para grãos de verão, como soja e milho, e também o café, a subvenção pode variar entre 20% e 30%, a depender do tipo de cobertura e de produto contratado.


Uma das novidades, é a publicação da Resolução nº 75, do Comitê Gestor Interministerial do Seguro Rural, que aprova o projeto-piloto de subvenção ao prêmio do seguro rural para operações enquadradas no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), no qual milho 1ª safra e Soja contam com um orçamento de R$ 40 milhões e maçã/uva R$ 10 milhões, além de um percentual de subvenção diferenciado (fixo) para milho 1ª safra/soja de 55% e maçã/uva de 60%.


Já os produtores de grãos das regiões Norte e Nordeste poderão acessar, até outubro, o orçamento exclusivo de R$ 50 milhões no PSR, medida que tem o objetivo de fomentar a oferta de seguros e elevar o número de apólices contratadas nessas regiões.



Tem dúvidas, deseja uma cotação e mais informações? Entre em contato conosco, a nossa especialidade é a sua garantia de bons negócios e apoio durante toda a vigência do seguro.





Quer consultar o Zarc?


http://indicadores.agricultura.gov.br/zarc/index.htm


Ou baixe o aplicativo:

https://play.google.com/store/apps/details?id=embrapa.br.zonamento&hl=pt_BR



Quer saber sobre as iniciativas do governo federal para o setor de seguro rural? Acesse:


https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/riscos-seguro/seguro-rural






147 visualizações

(31) 9952 3815

  • Instagram
  • Facebook
  • LinkedIn

©2018 by Info Seguro Rural.